Hoje eu quero te contar

Senta aqui que hoje eu quero te contar sobre as coisas que eu ainda não vivi. Quero te falar da vontade e do medo que eu tenho de escalar montanhas e te contar da saudade que tenho dos momentos que eu ainda não passei. Quero te contar meus planos. Quero te contar minhas aventuras e te falar sobre a minha falta de visão sobre muitas coisas do mundo. Por outro lado, eu quero te contar como eu sou aberta pra vida e como as pessoas me encantam. Quero te contar como minha cabeça é aberta para coisas novas. Quero te contar meus casos de amor e minha opinião sobre relacionamentos. Você nunca soube por que eu nunca te contei, mas eu acredito que todas as pessoas são livres, por mais apaixonadas que estejam. Pra mim, lealdade vai ser sempre mais importante do que fidelidade. Acredito que o verdadeiro amor seja o equilibro entre liberdade e admiração. Eu quero te contar das coisas que eu passei e como eu invento uma nova versão de todas as histórias. Quero ouvir você falando suas besteiras e quero fazer você rir quando eu imitar alguém com aquela minha voz típica. Quero ver você me ouvindo atentamente, como só você sabe fazer. Quero ver pelo seu olho você decodificando minha língua, que às vezes é difícil de entender. E quando você entender, seu olho vai brilhar por você pensar igual a mim. E eu acho que não existe nada melhor no mundo do que ver você se vendo em mim. Eu quero te ensinar as coisas que eu aprendi e saber suas opiniões sobre tudo. Porque desde o dia que você me mostrou seu mundo, eu não consegui mais dormir. De tanta vida que tinha. De tanto amor que eu senti.

E eu quero te contar tudo isso porque agora eu quero que você venha comigo. Eu não quero mais esperar. Agora eu quero andar com você. Quero colecionar visões de mundo, mas quero que você veja tudo junto comigo. Quero te contar meus planos porque você agora está neles. Quero te contar todas as coisas que eu me imaginei fazendo com você. Quero te contar do sonho que eu tive. E quero ouvir você falando que a gente vai fazer tudo isso. Que a gente vai dançar aquela música de novo e que a gente vai conversar na praia sobre como o mar parece ser o final do universo quando tá de noite, naquela escuridão eterna. Quero te contar da sorte que a gente teve de ter se encontrado. Porque a vida é isso. Ela está sempre nos oferecendo uma trinca de as, mas a gente quase nunca vê e raramente dá valor.

Quero te falar que, às vezes, a gente coloca algumas pessoas em um pedestal e se esquece de que aquele lugar na verdade é nosso. Não que a gente seja mais importante, mas dar a nossa vida para uma pessoa nunca foi uma boa opção. Quero te falar que as pessoas não são iguais e que os relacionamentos nunca serão os mesmos. Quero te falar você não precisa mais ter medo de amar, porque o que aconteceu já passou. E por mais idiota que ela tenha sido com você, ela foi muito importante durante um período. E a imagem dela ficou na sua cabeça por muito tempo, mas foi só porque você deixou. É só porque você quis que ela fosse alguém que agora ela não é mais. Depois que acaba a gente percebe que muita coisa que a gente achava incrível no outro, na verdade eram coisas que nós mesmos temos. Eu queria abrir seus olhos e mostrar as infinitas possibilidades que a vida oferece e as bilhares de pessoas interessantes e apaixonantes que existem. Queria te falar que ninguém, no fundo, está pronto pra amar, mas que a gente vai aprendendo a medida que abrimos o nosso coração. Esse é o tipo de coisa que a gente aprende junto.

Quero te contar tudo isso pra você entender quem eu sou e pra te mostrar o que mudou em mim. Quero te mostrar o quanto eu amadureci e o quanto a vida tem sido boa. Quero te falar de todo esse tempo que passou, de todas as pessoas que passaram e que você ficou. Você foi o único que ficou até hoje. O único que não sai da minha cabeça independente dos outros caras que apareceram e de todas as reviravoltas que a vida já deu. Você foi ficando e agora eu não me imagino mais sem você. É como se fizesse parte de mim. Pensar em você faz parte da minha rotina, por mais que eu nunca mais tenha te visto. Quero te contar o quão difícil foi admitir pra mim que eu sou apaixonada por você, por mais que eu lutasse contra essa ideia todos os dias. Eu sou apaixonada por você e por todos os espaços que você deixou para que isso acontecesse. Sou apaixonada pela sua ausência e pelas suas frases soltas. Por isso eu quero te contar sobre tudo, mesmo que demore uma vida inteira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s