Eu vou

Eu faria tudo pra chegar perto de você de novo. Sem explicação nenhuma e de novo com todo mundo me falando pra não mergulhar. Mas eu não consigo porque eu olho pra você e você me puxa, puxa, puxa. Faz minha cabeça rodar. A vida fez de um desencontro um encontro. Um tudo errado que virou certo. E você gostou de mim assim: clara, transparente, bêbada. E eu gostei de você pelo jeito que você falava, sem medir as palavras. Não é certo, eu não posso, eu não deveria. Eu vou sofrer demais se der certo e vou sofrer mais ainda se não der. Mas eu nunca liguei pra nada disso, então eu vou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s