Porque eu amei demais

Texto por Marcela Picanço

Eu não sei mais escrever sobre você. Talvez porque você tenha se desgastado junto com todas as minhas palavras. Nunca escrevi tanto sobre alguém, porque só me restava escrever. Já escrevi que sim e que não, já inventei todas as possibilidades, imaginei todos os ‘e se..’ possíveis, já morri de amor, já perdi as esperanças. Meu coração ficou em milhares de pedacinhos e eu cheguei a pensei que eu não sei amar. Não sei amar aos poucos, nem devagarzinho. O amor é tipo uma avalanche que e vai destruindo tudo pelo caminho, apesar de já saber colocar tudo no lugar. O amor é essa onda gigante que faz a gente mergulhar fundo e perder o ar. E a verdade é que minhas ideias se esgotaram. Quando você chegou eu pensei que eu poderia ficar te inventando pra sempre, mas agora não sei escrever nada além de tudo aquilo que eu já falei porque eu já criei todas as histórias possíveis.

Eu sempre piro, enlouqueço, mas falam para eu esconder todos esses excessos. Tem que ser difícil, eles dizem, mas eu já acho a vida difícil demais para a gente ficar criando mais dificuldades. Dizem que eu tenho que fazer mistério, enganar, mas eu quero que você esteja comigo porque quer e não pelo desafio. E tudo que faço eu faço pela beleza das coisas. Porque eu acho que podemos colorir todas as partes em preto e branco, porque eu acho que devemos colocar a arte naquilo que não entendemos. Eu não entendo nada do amor, ninguém entende. E eu te digo tudo que eu sinto, me viro do avesso para te mostrar o que está aqui dentro, mas é só porque é tudo muito bonito o que eu sinto e ninguém entende nada. Eu nunca fui o tipo de pessoa que invade espaços ou que se pendura. Eu só me sinto livre para mostrar aquilo que eu quero. E você me falou que eu sou todo esse turbilhão de luzes brilhantes que te fascinam e eu te perguntei então por que você não vem comigo. Então você me disse que na verdade morre de medo, porque no fundo só quer uma garota normal. Mas eu não sei ser normal. Meu excesso de liberdade te assusta tanto quanto me assusta, porque eu não consigo definir o que eu realmente espero do amor. Eu quero todas as possibilidades e isso não basta. E agora você foi embora antes mesmo de chegar, mas foi só porque eu amei demais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s